PORTAL POÉTICO CCF NO SEU IDIOMA

ITAPERUNA, MINHA TERRA

ITAPERUNA, MINHA TERRA
De Itaperuna para Praia Grande

quinta-feira, abril 26, 2007

BATALHAS

Não devemos nunca nos esquecer que foi em nome da liberdade de pensamento e ação política, que se lutou e se derrotou a possíbilidade de submeter um povo a tirania de um homem só ou qualquer outro que se achasse acima da lei.
(Da série: Salaminhos e Persianas - CCF)

segunda-feira, abril 09, 2007

DA SÉRIE: OBERVAÇÕES URBANAS

Ela pode ser feita com lápis
como pode ser também com esferográficas
o gesto singelo de registrar
as formas sografadas
revela os que preferem exercitar
suas mentes emblemáticas
com as inofensivas "PALAVRAS CRUZADAS"

domingo, abril 08, 2007

ARCO-ÍRIS

São 17 horas, fim de tarde do dia 08/04/07. Numa moldura de aço, que é a parte frontal da estrutura do Terminal, um enorme arco-íris, ocupa uma faixa do céu, que eu vejo todos os dias do balcão da minha loja. Que espetáculo!Lamentei não Ter uma dessas digitais para eternizar o momento. Olhando o arco-íris, as palavras, foram se juntando e formaram o texto abaixo. Espero que gostem!

Eu vejo um arco-íris
Sobre as minhas evidências
Eu vejo um colorido
Disfarçando as aparências
Eu vejo a multidão
Cada um com a sua vela
Então eu me pergunto
No meio dessa novela


Mas quem é que olha prá mim,
mas quem é que ora por mim?

Eu ouço uma canção
Testando a minha consciência
Eu leio uma revista
Que me fere a paciência
Eu sinto os distantes
Me impondo a sua ausência
E isto é que me deixa assim

pensando estar perto do fim

Querendo alguém que olhe prá mim,
querendo alguém que ore por mim!

Eu quero este arco-íris
Colorindo as janelas
Eu quero uma canção
Iluminando as passarelas
Eu quero numa prece
Dar a mão a outras pessoas
Viver a minha vida
Só pensando em coisas boas


Por que você não olha prá mim,
Por que você não ora por mim?


FIM

sábado, abril 07, 2007

TARTARUGAS NINJAS e POLÍTICOS TARTARUGAS

Ontem; 06/04/07, deveriamos estar comemorando o 1º ano do sucesso da CPI dos CORREIOS, infelizmente não há oque comemorar, só lamentar a impunidade estabelecida
Para não passar a data em branco, me veio os versos a seguir:

As tartarugas são répteis
acabei de descobrir essa verdade
eu achava que elas eram Ninjas
e moravam nos esgotos da minha cidade

Perdi por elas o encanto
pois eu as via promovendo a justiça
agora eu as tenho tão somente
como um dos simbolos da preguiça

Pior é quem ainda acredita em politicos
achando que esses gostam de trabalhar
tal como as tartarugas os quelônios humanos
botam o ovo para a natureza chocar

O ovo está na armadilha do voto
que o eleitor faz multiplicar
a natureza é o parlamento onde o eleito
em causa própria irá legislar

É por isso que o Brasil caminha
desde Caminha em passo lento
é a sina do Brasileiro
que vem desde o descobrimento

É muito BLÁ BLÁ BLÁ na orelha
não existe um projeto de nação
sobram homens enchendo os bolsos
faltam homens iluminados pela razão

Quando a tartaruga corre para o mar
ela o faz para sobreviver
a praça é o lugar do povo
e o povo precisa isso entender

Se não qualquer dia vai amanhecer
com um placa do IBAMA
pregada nas suas costas dizendo
"SER EM EXTINÇÃO-QUEM PROTEJE AMA"

E ai virão os cabrestos
e uma bolsa de ração
que o paternalismo social
criará como sendo a solução

Acorda poeta! Poeta a corda!
não fique assim a se amargurar
relaxe e olhe como é plácido
o nado da tartaruga no mar

Mas o injuriado Poeta
no seu delírio desprovido de júbilo
não vê a tartaruga, só encherga o povo
silente, a caminho do patibulo

Biografia

Celso Corrêa de Freitas
56 anos.
Poeta, Escritor e Articulista.
Nascido em Itaperuna-RJ, aos 26 de Agosto de 1954.
Atual Presidente (O sexto) da Casa do Poeta Brasileiro de Praia Grande-SP e da Confraria de Artistas e Poetas pela Paz - CAPPAZ Seccional de Praia Grande-SP.
Coordenador da Cappaz para a Costa de Mata Atlântica(Baixada Santista).
Colaborador ativo nos jornais e demais meios de comunicação (Blogs e Sites). Participante, prefaciante e Organizador de Antologias e livros solos.
Contato: Celso.correadefreitas@gmail.com-casadopoetabrdepraiagrande@gmail.com-ccfcappaz@globomail.com
Sites: www.portalpoeticoccf.blogspot.com-www.casadopoetapg.com.br-www.cappaz.com.br