PORTAL POÉTICO CCF NO SEU IDIOMA

ITAPERUNA, MINHA TERRA

ITAPERUNA, MINHA TERRA
De Itaperuna para Praia Grande

sábado, novembro 25, 2006

CONCRETO, É O MEU AMOR POR VOCÊ!

IDÉIA INICIAL:


I I I I I I I I I
I I I I I I I I T
I I I I I I I T A
I I I I I I T A P
I I I I I T A P E
I I I I T A P E R
I I I T A P E R U
I I T A P E R U N
I T A P E R U N A

quinta-feira, novembro 16, 2006

QUANDO O RIO PULSA, A SAUDADE INVADE


Em todas as minhas moradas(3 Estados, 7 Cidades e 22 Bairros), mesmo naquelas em que fiquei por pouco tempo, havia algo oculto no desenrolar dos acontecimentos ao meu redor, cuja única função era preservar-me para o encontro com o meu real destino.
Será que cheguei ao fim da minha migração?
Não ! Pois o menino do Carulas, hoje com os seus pés plantados poéticamente nas areias da Estância Balneária Litorânea, sabe muito bem...que aquele rio, que o trouxe até Praia Grande, cumprida a sua missão, aguarda a hora de iniciar a viagem de volta ao seu leito natural. Por isto, quando ele pulsa; a saudade me invade.

segunda-feira, novembro 13, 2006

PENSANDO EM TI, PAULO!


Quando amamos o que fazemos, pouco importa se a luz ilumina apenas o estrangeiro ou se não somos profetas em nossa terra. O que buscamos, vem com o tempo. Tão certo quanto a luz proceder a escuridão.

Só pela atenção da resposta; já valeu Elza. Um bom mundo para você e um abraço entre ondas no Paulo.(CCF)

Estimado Celso, Agradecemos sua mensagem e informamos-lhe que o Sr. Paulo Coelho está divulgando seu novo livro "A bruxa de Portobello" em vários países e no momento não está acessando e-mails. Esperamos contar com sua compreensão. Lembre-se: O homem nunca pode parar de sonhar. O sonho é o alimento da alma, como a comida é o alimento do corpo." (De O Diário de um Mago) Atenciosamente, Elza Nascimento http://www.paulocoelho.com http://www.warriorofthelight.com

terça-feira, novembro 07, 2006

O RAMO


Sou o ramo
que na beira do rio
admirava os Louva-a-Deus
quando estes sobre a relva
suas asas descansando
pareciam aos meus olhos
estarem em PAZ orando

Sou o ramo
que se desprendeu criança
daquele rio que até hoje
corre vivo na minha lembrança

Sou o ramo que aportou na areia
de uma Praia Grande
e um mar sem fim
muito longe das ribeiras
onde os pousados
ergueram suas fronteiras

Sou o ramo
que gerou flores
quatro(4) flores de jasmim
onde vicejam os planos
que revigoram os sonhos
ainda vivos em mim

Biografia

Celso Corrêa de Freitas
56 anos.
Poeta, Escritor e Articulista.
Nascido em Itaperuna-RJ, aos 26 de Agosto de 1954.
Atual Presidente (O sexto) da Casa do Poeta Brasileiro de Praia Grande-SP e da Confraria de Artistas e Poetas pela Paz - CAPPAZ Seccional de Praia Grande-SP.
Coordenador da Cappaz para a Costa de Mata Atlântica(Baixada Santista).
Colaborador ativo nos jornais e demais meios de comunicação (Blogs e Sites). Participante, prefaciante e Organizador de Antologias e livros solos.
Contato: Celso.correadefreitas@gmail.com-casadopoetabrdepraiagrande@gmail.com-ccfcappaz@globomail.com
Sites: www.portalpoeticoccf.blogspot.com-www.casadopoetapg.com.br-www.cappaz.com.br