PORTAL POÉTICO CCF NO SEU IDIOMA

ITAPERUNA, MINHA TERRA

ITAPERUNA, MINHA TERRA
De Itaperuna para Praia Grande

quarta-feira, julho 08, 2015

64-O CANTO CALADO

Dia: 23 de Junho de 2015 - Terça-Feira
Local: Teatro Coliseu - Santos/SP
Horas: 19 Horas
Evento: XIX  FESCETE - Festival de Cenas Teatrais


Estreia do musical 64 - O Canto Calado

Cia Dons e Teatro musical - São Vicente/SP

O elenco antes de entrar em cena, na área de acesso as coxias do teatro:


A CANÇÃO ECOA NO PALCO E NAS GALERIAS DO COLISEU

Tem dias que a gente se sente
Como quem partiu ou morreu
A gente estancou de repente
Ou foi o mundo então que cresceu
A gente quer ter voz ativa
No nosso destino mandar
Mas eis que chega a roda-viva
E carrega o destino pra lá
Roda mundo, roda-gigante
Roda-moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração

A gente vai contra a corrente
Até não poder resistir
Na volta do barco é que sente
O quanto deixou de cumprir
Faz tempo que a gente cultiva
A mais linda roseira que há
Mas eis que chega a roda-viva
E carrega a roseira pra lá
Roda mundo (etc.)

A roda da saia, a mulata
Não quer mais rodar, não senhor
Não posso fazer serenata
A roda de samba acabou
A gente toma a iniciativa
Viola na rua, a cantar
Mas eis que chega a roda-viva
E carrega a viola pra lá
Roda mundo (etc.)

O samba, a viola, a roseira
Um dia a fogueira queimou
Foi tudo ilusão passageira
Que a brisa primeira levou
No peito a saudade cativa
Faz força pro tempo parar
Mas eis que chega a roda-viva
E carrega a saudade pra lá
Roda mundo (etc.)


(Roda Viva- Chico Buarque)

MÉDICI(CCF) e LARA(Rute Dantas)
Até onde o apego a algo ou alguém pode nos levar?
  

segunda-feira, julho 06, 2015

quinta-feira, julho 02, 2015

DIVAGAÇÕES DE UMA TARDE FRIA, MAS CHEIA DE LEMBRANÇAS


DIVAGAÇÕES DE UMA TARDE FRIA, MAS CHEIA DE LEMBRANÇAS.
Estava conversando com a amiga Maria José, e no contexto da nossa conversa, disse esta frase "Sentir saudades é melhor do que sentir frio". Gostamos dela, ambos! Fui buscar no Google uma foto para compor melhor a sentença, e encontrei esta que tomei a liberdade de pegar, para suportar a minha frase.
A saudade é uma lembrança doce de algo agradável, e mesmo quando não! Serve para nos lembrar de algo ou alguém, que no seu tempo, para o bem ou para o mal, foi importante no contexto da nossa existência.
O Frio, tanto pode ser um fenômeno climático devastador, quanto representar o nosso medo interior, o vazio da lembrança,o silêncio dos desejos, a ausência angustiante do amor, a solidão dos dias sem amanhã....a nossa vida congelada, sem objetivo, sem horizontes, sem desafios...sem calor!
Disse-me Maria:
"Quando mencionei, que sinto saudades, seria no bom sentido, pois é devido a convivência, e quando a gente não se vê todos os dias, sente a falta da pessoa.
O frio climático, a gente dá um jeito, mas qualquer vazio tem que ser bem analisado, e procurar sair desse estado."
E você, o que me diz?




quarta-feira, julho 01, 2015

SEMELHANÇAS


Em 23 de Outubro de 2014, idealizei um quadro que depois emoldurei, no qual cores aleatórias sustentavam dois nomes numa formação em cruz. 
Este quadro está na parede da minha sala.
Em Junho de 2015, o Facebook em apoio à decisão da Suprema Corte dos EUA de que o casamento de pessoas do mesmo sexo é um direito constitucional, lança um aplicativo que colore as fotos das pessoas com conta nesta rede.
Antes de publicar este post, colhi a opinião de algumas pessoas, e elas concordaram que no campo das ideias, existe uma semelhança na criação. Um dos consultados até definiu o fato: ISSO SE CHAMA NA PSICOLOGIA JUNGUIANA DE "SINCRONISMO". 
Bom, a situação me levou a pensar na sentença abaixo:
"Algo ou Alguém, sempre será a inspiração para a criação"
Semelhanças a parte, o que importa verdadeiramente é este sincronismo no campo das ideias.
Que ele exista sempre entre nós!
E que a arte se imponha cada vez mais na construção da nossa identidade cultural, e soberania social.

Biografia

Celso Corrêa de Freitas
56 anos.
Poeta, Escritor e Articulista.
Nascido em Itaperuna-RJ, aos 26 de Agosto de 1954.
Atual Presidente (O sexto) da Casa do Poeta Brasileiro de Praia Grande-SP e da Confraria de Artistas e Poetas pela Paz - CAPPAZ Seccional de Praia Grande-SP.
Coordenador da Cappaz para a Costa de Mata Atlântica(Baixada Santista).
Colaborador ativo nos jornais e demais meios de comunicação (Blogs e Sites). Participante, prefaciante e Organizador de Antologias e livros solos.
Contato: Celso.correadefreitas@gmail.com-casadopoetabrdepraiagrande@gmail.com-ccfcappaz@globomail.com
Sites: www.portalpoeticoccf.blogspot.com-www.casadopoetapg.com.br-www.cappaz.com.br