PORTAL POÉTICO CCF NO SEU IDIOMA

ITAPERUNA, MINHA TERRA

ITAPERUNA, MINHA TERRA
De Itaperuna para Praia Grande

domingo, abril 27, 2014

O BELO E O ETERNO

O BELO E O ETERNO
Se eu tiver feito
Alguma obra prima
valerá por toda a rima
Que na vida eu construí
Tal como as ondas
que se quebram na areia
Sentirei nas minhas veias
O prazer de conseguir
Ter ido além de mim
Deixando algo em fim
Tão belo.
Mas se este sonho
For apenas ilusão
Vou falar que no seu tempo
Terá sido muito bom
Pois sempre vi
Meu coração a todo instante
Buscando a Poesia
Como forma de expressão
A dizer-me sempre assim
Que o amor pode ser sim
Eterno.
O que é belo
Sempre será eterno
como eterno há de ser
o meu amor por você
Celso Corrêa de Freitas - Poema
28/04/2014 - 9:05 - ACD 1854

2 comentários:

Fernandes Oliveira disse...

Celso seu texto traz uma leveza quase pueril,mas talvez sejam estes que mais tocam o sentimento humano, parabéns e sucesso com o blog

Fernandes Oliveira disse...

Celso seu texto quase pueril nos toca e emociona pela leveza e sensibilidade parabéns e sucesso ao seu blog

Biografia

Celso Corrêa de Freitas
56 anos.
Poeta, Escritor e Articulista.
Nascido em Itaperuna-RJ, aos 26 de Agosto de 1954.
Atual Presidente (O sexto) da Casa do Poeta Brasileiro de Praia Grande-SP e da Confraria de Artistas e Poetas pela Paz - CAPPAZ Seccional de Praia Grande-SP.
Coordenador da Cappaz para a Costa de Mata Atlântica(Baixada Santista).
Colaborador ativo nos jornais e demais meios de comunicação (Blogs e Sites). Participante, prefaciante e Organizador de Antologias e livros solos.
Contato: Celso.correadefreitas@gmail.com-casadopoetabrdepraiagrande@gmail.com-ccfcappaz@globomail.com
Sites: www.portalpoeticoccf.blogspot.com-www.casadopoetapg.com.br-www.cappaz.com.br