PORTAL POÉTICO CCF NO SEU IDIOMA

ITAPERUNA, MINHA TERRA

ITAPERUNA, MINHA TERRA
De Itaperuna para Praia Grande

quarta-feira, março 04, 2009

"O CABINEIRO DE MARFIM"

"O Cabineiro de Marfim absorve da sua cabina a energia continua, proveniente da rua onde trabalha.
Observa as Pessoas, Carros, Motos, Bicicletas e tudo mais que por ela passa ou voa.
A sua esquerda, entre postes e placas, ao final ou começo dela, pode ver um pequeno pedaço dos 22,5 quilômetros de praia que constitui uma das enseadas mais bonitas do mundo, e que dá o nome a cidade: Praia Grande, onde o Condomínio "Marfim" está encravado.
Ora azul, ora verde, ora as duas cores. Ora coberto de nuvens, ora com o céu a lhe possui e a oferecer-lhe o seu colar de estrelas e o seu magnífico medalhão em forma de lua.
O Cabineiro de Marfim não perde esse pedaço de mar de vista, enquanto a sua vista corre as câmeras. Disso se vale para sobreviver, vendo e escrevendo, sobre o que vê e sente.
O Cabineiro de Marfim é o guardião dos seres que dessa praia se aproveitam e de seres que só a espreitam e daqueles que a ela são indiferentes.
Uma colônia de humanos, muitos que nem são daqui, mas que aqui se encontram."


"Não importa o que aconteça. Este dia vai passar, para que um novo dia amanheça".
Eu, pensando, enquanto caminhava pelas ruas de Praia Grande, com destino ao local onde retomaria a minha condição de empregado, depois de 3 anos desempregado.
Edificio Marfim, situado na Rua Roberto Shoji, antiga Sorocaba, nº 164 - Boqueirão
Praia Grande-SP

Por uma boca de rua
Onde Carros, Placas e Postes
Parecem dentes
Posso ver um pedaço do Mar.
Mas, não o vejo
Como aqueles dantes
Nesta distância
Ele me parece um muro.
A visão aqui da guarita
Onde estou a navegar
Não é lá muito bonita
Mas é a que me cabe
Neste condomínio
Que por ensolarada ironia
Tem o Mar no seu início
E o Fim, agora um pouco
Longe de mim
"MARFIM"

Poesia composta(04/03/05-11:39Hrs), num momento de contemplação do "pequeno pedaço de mar" que me será permitido ver daqui para frente, da janela da minha guarita(Cabina)

Nenhum comentário:

Biografia

Celso Corrêa de Freitas
56 anos.
Poeta, Escritor e Articulista.
Nascido em Itaperuna-RJ, aos 26 de Agosto de 1954.
Atual Presidente (O sexto) da Casa do Poeta Brasileiro de Praia Grande-SP e da Confraria de Artistas e Poetas pela Paz - CAPPAZ Seccional de Praia Grande-SP.
Coordenador da Cappaz para a Costa de Mata Atlântica(Baixada Santista).
Colaborador ativo nos jornais e demais meios de comunicação (Blogs e Sites). Participante, prefaciante e Organizador de Antologias e livros solos.
Contato: Celso.correadefreitas@gmail.com-casadopoetabrdepraiagrande@gmail.com-ccfcappaz@globomail.com
Sites: www.portalpoeticoccf.blogspot.com-www.casadopoetapg.com.br-www.cappaz.com.br