PORTAL POÉTICO CCF NO SEU IDIOMA

ITAPERUNA, MINHA TERRA

ITAPERUNA, MINHA TERRA
De Itaperuna para Praia Grande

terça-feira, dezembro 27, 2011

CANÇÃO DO TEMPO PERDIDO

Mãe hoje senti vontade
De cantar aquelas antigas canções
Que tenho na minha memória
E que marcaram fundo nossa relação
Eu continuo na estrada
Mas sinto sua falta e vou cantando assim
Na espera que um dia de novo eu possa ter
A sua estrela sobre mim

Existe um erro de entendimento
Eu muito jovem querendo sair
Atrás de um sonho de independência
Ter minha Família
E nela investir

Eu tinha planos para ser feliz
E minha vida estava em outro lugar
Mas minha mãe não entendeu assim
E me fechou as portas
Quando eu parti

De verdade o que eu queria
Era estarmos juntos sem separação
Mas entre nós o mau que havia agia contra nossa união
Nosso tempo foi perdido
A distância surgiu
E a saudade por fim
Foi tudo que restou
De um sonho que em mim ainda não se acabou

Um comentário:

Efigênia Coutinho disse...

Meus cumprimentos ao escritor
CELSO CORRÊA DE FREITAS
Belo espaço, boa poesia, com admiração,
Efigênia Coutinho

Biografia

Celso Corrêa de Freitas
56 anos.
Poeta, Escritor e Articulista.
Nascido em Itaperuna-RJ, aos 26 de Agosto de 1954.
Atual Presidente (O sexto) da Casa do Poeta Brasileiro de Praia Grande-SP e da Confraria de Artistas e Poetas pela Paz - CAPPAZ Seccional de Praia Grande-SP.
Coordenador da Cappaz para a Costa de Mata Atlântica(Baixada Santista).
Colaborador ativo nos jornais e demais meios de comunicação (Blogs e Sites). Participante, prefaciante e Organizador de Antologias e livros solos.
Contato: Celso.correadefreitas@gmail.com-casadopoetabrdepraiagrande@gmail.com-ccfcappaz@globomail.com
Sites: www.portalpoeticoccf.blogspot.com-www.casadopoetapg.com.br-www.cappaz.com.br