PORTAL POÉTICO CCF NO SEU IDIOMA

ITAPERUNA, MINHA TERRA

ITAPERUNA, MINHA TERRA
De Itaperuna para Praia Grande

quarta-feira, outubro 11, 2006

AMAZÔNIA

Espaço no qual se encerram copas
que respiram em benefício
do ser humano na terra
Dimensão verde de banhados negros
Rios grandes e pequenos
Vias dolorosas
Serras fatais
cortanto, cortando, cortando
1/3 limpo de um mundo
Que sujo agoniza
E ai na vicinal do aquecimento
Um GOL a chamar nossa atenção
Para aquele pedaço do planeta
De Chicos, Ianomâmis e Dorothis

De árvores que deixamos de plantar
No lugar daquelas que ajudamos a derrubar

Um comentário:

Anônimo disse...

Ei Celso, deve-se lembrar daquele provérbio que diz assim:

" A árvore enquanto é derrubada, nota com tristeza que o cabo do machado é de madeira!"

Enfim, de quem é a culpa??? Na minha opinião, nossa mesmo que deixamos isso acontecer!

Minha admiração por você!!!!

Rhianna!!!

Biografia

Celso Corrêa de Freitas
56 anos.
Poeta, Escritor e Articulista.
Nascido em Itaperuna-RJ, aos 26 de Agosto de 1954.
Atual Presidente (O sexto) da Casa do Poeta Brasileiro de Praia Grande-SP e da Confraria de Artistas e Poetas pela Paz - CAPPAZ Seccional de Praia Grande-SP.
Coordenador da Cappaz para a Costa de Mata Atlântica(Baixada Santista).
Colaborador ativo nos jornais e demais meios de comunicação (Blogs e Sites). Participante, prefaciante e Organizador de Antologias e livros solos.
Contato: Celso.correadefreitas@gmail.com-casadopoetabrdepraiagrande@gmail.com-ccfcappaz@globomail.com
Sites: www.portalpoeticoccf.blogspot.com-www.casadopoetapg.com.br-www.cappaz.com.br