PORTAL POÉTICO CCF NO SEU IDIOMA

ITAPERUNA, MINHA TERRA

ITAPERUNA, MINHA TERRA
De Itaperuna para Praia Grande

sexta-feira, maio 01, 2009

DO CABINEIRO DE MARFIM A GUARDIÃO DO SÃO LUCAS

"Mesmo que hoje eu ande pelos caminhos do São Lucas, o Cabineiro de Marfim, ainda pulsa forte em mim (CCF 28/04/09).
Chego ao São Lucas, pela mesma avenida de tijolos vermelhos que me levava até o meu antigo posto. Na altura da praia, agora viro à esquerda, antes virava a direita para chegar ao Marfim. Chego ao meu destino com o mar ainda espreguiçando-se na areia. Tenho que conter-me para não ir até ele.
Assentado, de onde estou não o vejo, só quando me levanto e atravesso a armação de alumínio em forma de porta, avisto-o misturado com as paredes de um supermercado, do próprio prédio onde estou, com carros, motos e pessoa passar numa viela tosca, avisto-o misturado com uma banca de jornal, um Quiosque e palmeiras ainda jovens que dançam ao vento, assanhando as areias.
Ficamos nos olhando entre obstáculos visuais. Este será o nosso pacto, enquanto Guardião de São Lucas eu for.

VOCÊ

Você esqueceu do amor
Esqueceu do calor
Que havia entre nós

Você fez questão de plantar
No meu peito esta dor
Que não quer me deixar

Se um dia você se lembrar
O que eu fui para ti
E a saudade vier lhe cobrar
Pelo seu viver infeliz

Lembre-se que nada mudou
E que aqui eu ainda estou
Pronto pra recomeçar
O que o tempo não apagou
CCF – 28/04/09 13h20min

DIVAGAÇÕES
“Mesmo os homens comuns tem lembranças que merecem o olhar do futuro sobre aquilo que representa seus passados.” (CCF 29/04/09 às 09h20min Horas).


SENA, SEMPRE EM CENA
A noite sai de cena e eu amanheço lembrando-me de Sena.
O sol seduzindo a madrugada de forma plena estende-se preguiçoso sobre o mar.
É feriado (01/05/09)
Dia do trabalho
Vou abrir as portas do castelo
Deixar a vida entrar
Para acordar os que dormem.
Depois, vou enfim para casa,
Deixar meu ser guardião descansar.
Enquanto outro no meu lugar,
Cuida do cenário.
CCF – 01/05/28/04/09 – 05h20min

Nenhum comentário:

Biografia

Celso Corrêa de Freitas
56 anos.
Poeta, Escritor e Articulista.
Nascido em Itaperuna-RJ, aos 26 de Agosto de 1954.
Atual Presidente (O sexto) da Casa do Poeta Brasileiro de Praia Grande-SP e da Confraria de Artistas e Poetas pela Paz - CAPPAZ Seccional de Praia Grande-SP.
Coordenador da Cappaz para a Costa de Mata Atlântica(Baixada Santista).
Colaborador ativo nos jornais e demais meios de comunicação (Blogs e Sites). Participante, prefaciante e Organizador de Antologias e livros solos.
Contato: Celso.correadefreitas@gmail.com-casadopoetabrdepraiagrande@gmail.com-ccfcappaz@globomail.com
Sites: www.portalpoeticoccf.blogspot.com-www.casadopoetapg.com.br-www.cappaz.com.br